quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Feliz 2010!!!!


Passarei o Reveillon de um modo completamente novo, como a data deve ser!

Já passei vários Reveillons especiais, em grandes festas, mas resolvi inovar!


Estarei logo mais no Templo Budista! Nunca antes passei um Ano Novo em algum lugar considerado divino!


2009 foi para mim um ano de graça!! E muito disso certamente tenho que agradecer ao Buda! Foi um ano de gratidão, compaixão e sabedoria interior! Sou muito grata a minha filha Thais, ao André - seu namorado, a minha mãe, meu irmão, a minha vovó, alguns grandes amigos, como a Bárbara, Carol e Daniel, meu "anjo" do Rio!! Sou também muito grata a minhas chefes Cláudia e Monica!! Incrível como essas duas, tão diferentes, me conhecem e me querem tão bem!!


Agradeço também ao Monge Sato, sua companheira Cris e ao saudoso Monge Haritami! A acolhida, cuidado e carinho foram e são fundamentais em minha vida e fonte de força, sabedoria, aceitação e humildade!


Logo mais, a partir das 23h, haverá no Templo Budista a Cerimônia das 108 batidas do Grande Sino! Eu estou como criança, ansiosa para chegar minha vez de dar uma forte badalada!! Mais porquê 108 vezes?...


108 no budsimo representa todas as dimensões dessa vida mundana que levamos, vivenciadas pelos 06 órgãos de sentido: visão, audição, olfato, paladar, tato e pensamento.

Cada um desses produz 03 sensações: agradável, desagradável ou indiferença.

Por exemplo, uma mesma música pode causar uma sensação muito agradável a alguém, desagradável a outrem e indiferente a outro.

6X3=18.


A cada uma dessas sensações, desenvolvemos 02 tipos de ilusão: apego ou rejeição.

É possível se apegar a algo desagradável? Sim, há um vício, por exemplo. Como também é possível rejeitarmos algo bastante agradável, como um grande amor, por exemplo...

18X2= 36


Essas ilusões de apego ou rejeição não estão apenas no aqui-agora, mas nas três dimensões temporais: passado, presente e futuro.

36X3=108 ilusões.


Não é nada fácil se debruçar e refletir sobre nossos apegos e rejeições. Então, a cada ano, renova-se nossos sonhos e esperanças. Que a meia-noite seja um momento de meditação e reflexão, com coragem, compaixão, sabedoria e serenidade em todo tempo presente.


Agradeço também a 2009 - um ano de muito aprendizado com essa maravilhosa arte milenar que é o origami!!


Que 2010, assim como os sinos logo mais, muitos papeis também dobrem!!!!


Namanbadu!! Namandabu!! Namandabu!! Namandabu!! Namandabu!! Namandabu!! Namandabu!!




2 comentários:

martaorigamis disse...

LuTsuru!!
Feliz ano novo pra ti tbm!!
estou linkando, ok?
tbm passei num templo em sp ...
www.solosagrado.org.br
vamos trocar figurinhas sobre oris e templos!!
adooooooooooooooro!!

bjbjs, Marta.
meu email: martaide@ymail.com
com 'y' mesmo.

Ludmila Melo Magalhães disse...

Oi Marta!

Feliz 2010!!

Passar o Reveillon no Templo foi uma vivência especial!!

Com certeza, nos encontraremos por aqui!!

Abraços e Namandabu!!

LuTsuru ;)