quarta-feira, 23 de março de 2011

Agradecimento!


"Licença. Muito obrigado pela aula. Tá me ajudando muito. No origami não dobro só o papel, dobro também problemas. Não existe mais turbulências, só eu".
Recebi essa mensagem em meu celular, enviada pelo meu mais recente aluno - o Jhesus!

O conteúdo me emociona cada vez que leio!... A simplicidade e profundidade da mensagem traz à tona todas as boas lembranças e o significado especial que o origami tem em minha vida!

Comecei a dar aulas após aceitar o convite do Monge Sato, do Templo Budista de Brasília. Na época (setembro/ 2009), eu disse: "Mas Monge, eu sei tão pouco de origami para dar aulas..." E ele, sabiamente, respondeu: "Ludmila, o budismo é a prática".

Aceitei então o desafio na hora! O Monge Sato sabia dos conflitos pessoais que estava passando na época e do quanto o origami poderia me transceder, principalmente espiritualmente!

Desde então, o origami faz parte da minha vida de um modo incondicional e emocionante!

Ainda sei muito pouco sobre origami... Mas isso é o que menos importa!
Sim... "Dar vida ao papel" é como eu percebo e recebo essa arte!

Afinal, através do origami eu transformei a minha própria vida!!

Aproveito aqui para mencionar e agradecer a todos àqueles que já foram, estão e serão um dia meus alunos. Minha eterna gratidão a Flávia; Flavinha; Thamires; Marcinha; Dona Olga; Lourenço; Sandra; Cecília; Roberto; Carlos; Dona Dalva; Marlene; Rachel; pequeno Roberto e Jhesus!!

"Aprender é descobrir aquilo que você já sabe. Fazer é demonstrar que você sabe. Ensinar é lembrar aos outros que eles sabem tanto quanto você. Somos todos aprendizes, fazedores e professores". (Richard Bach)

9 comentários:

Ana Paula disse...

Olá Lu...quanto tempo...sei bem o que vc está dizendo,existia uma Ana Paula antes, e agora outra depois do origami...ele transformou minha vida,,,se pudesse dobrava no minímo umas 5 horas por dia ..rsrsrsrs mas com os babis complica, mas sempre que posso dobro nem que seja um peixinho,,,e o origami me levou para outras artes,,,e isso me eleva como pessoa...parabéns
Ah!O post anterior da viagem ficou dez,,,ótimas dicas,,,affffffffff falei demais,,,bjks

Ludmila Melo Magalhães disse...

Oi Ana!

Pois é, que saudades! Vontade de revê-la, com seus filhotes!

O origami é mesmo transformador né?!...

Beijinho!

LuTsuru ;)

Jhesus disse...

Eu estou encantado com o poder transformador que essa prática de dobrar papel possui. Lu você é uma excelente professora!

Ludmila Melo Magalhães disse...

Jhesus!

Muito grata! O origami é mesmo mágico!

LuTsuru ;)

Flavia disse...

Lud, fico muito, mas muuuuuito feliz por ter, de alguma forma, plantado a sementinha do budismo em vc! Beijos da sua amiga que te ama!!!

Flavia disse...

Lud, fico feliz em ter plantado a sementinha do Budismo no seu coração! Bjo da sua amiga que te ama!

Adriana disse...

Nossa, Flavia!
Imagino como deve ter ficado ao ler essa mensagem do seu aluno,ele além de artista e tbém um poeta.
Muito profundo, e vc deve se sentir orgulhosa, e merecedora de todas essas sensações na vida dele.
Parabéns, adorei seu blog!
Convido vc a conhecer o meu!
Bjs

Ludmila Melo Magalhães disse...

Flavinha!!

Nada é por acaso, né?!...

Amo você e nossa alizade também por isso!!
Namandabu!

LuTsuru ;)

Ludmila Melo Magalhães disse...

Adriana!

Todo trabah artesanal é mesmo transformador ne?!...

Grata pela visita! Seu blog também é lindo!

(eu sónão sou a Flávia, mas a Ludmila - ou a...)

LuTsuru ;)